Início > Programação > Mapeamento do Contexto Root no JBoss

Mapeamento do Contexto Root no JBoss

Para deixar a URL mais amigável, é interessante que sua aplicação responda em:

http://www.site.com.br

E não:

http://www.site.com.br/nomedomeupacotewar

Encontrei duas formas de mapear o contexto root no JBoss.

1. “Substituir” o ROOT.war

Primeiro, é necessário adicionar o arquivo “jboss-web.xml” no diretório WEB-INF da aplicação para mapear o “/”:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<jboss-web>
   <context-root>/</context-root>
</jboss-web>

Em seguida, você deve alterar o nome da sua aplicação de:

nomedomeupacotewar.war

Para:

ROOT.war

Por último, é necessário desabilitar a propriedade “enable-welcome-root” no seu arquivo standalone.xml para não haver conflito com o ROOT.war do próprio JBoss:

        <subsystem xmlns="urn:jboss:domain:web:1.5" 
            default-virtual-server="default-host" native="false">
            <connector name="http" protocol="HTTP/1.1" 
             scheme="http" socket-binding="http"/>
            <virtual-server name="default-host" enable-welcome-root="false">
                <alias name="localhost"/>
                <alias name="example.com"/>
            </virtual-server>
        </subsystem>

2. Modificar apenas as configurações do JBoss é suficiente

Se você quiser que sua aplicação continue se chamando “nomedomeupacotewar.war”, essa é a configuração recomendada. Primeiro, é necessário adicionar o arquivo “jboss-web.xml” no diretório WEB-INF da aplicação para remover quaisquer mapeamentos:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<jboss-web>
   <context-root></context-root>
</jboss-web>

Em seguida, fazer a configuração da propriedade “mod-cluster” no arquivo standalone-ha.xml como segue:

        <subsystem xmlns="urn:jboss:domain:modcluster:1.1">
             <mod-cluster-config advertise-socket="modcluster" 
                 proxy-list="127.0.0.1:6666" advertise="false" 
                 excluded-contexts="invoker,jbossws,juddi,console" 
                 connector="ajp">
                 <dynamic-load-provider>
                      <load-metric type="busyness"/>
                 </dynamic-load-provider>
             </mod-cluster-config>
        </subsystem>

Por último, é necessário desabilitar a propriedade “enable-welcome-root” no seu arquivo standalone-ha.xml para não haver conflito com o ROOT.war do próprio JBoss:

        <subsystem xmlns="urn:jboss:domain:web:1.5" 
             default-virtual-server="default-host" native="false">
            <connector name="http" protocol="HTTP/1.1" scheme="http" socket-binding="http"/>
            <connector name="ajp" protocol="AJP/1.3" scheme="http" socket-binding="ajp"/>
            <virtual-server name="default-host" enable-welcome-root="false">
                <alias name="localhost"/>
                <alias name="example.com"/>
            </virtual-server>
        </subsystem>
Anúncios
Categorias:Programação Tags:, ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: