Início > Geral > Rápido, Bonito e Barato: Escolha Dois

Rápido, Bonito e Barato: Escolha Dois

Nas últimas semanas trabalhei em uma “força tarefa” – novidade, né? – para entrega da primeira fase do projeto em que atuo. Havia problemas de performance, deadlocks, memory leaks e, para variar, descobrimos que existiam requisitos que não foram implementados. Os desenvolvedores trabalharam nos finais de semana e alguns noite a dentro. Também havia reuniões de status diárias que as vezes consumiam horas que poderiam ser melhor utilizadas para investigação de problemas.

Nosso maior problema foi a impossibilidade de reproduzir em nosso ambiente de testes problemas encontrados nas instalações do cliente, pois lá ocorrem situações quase impossíveis de simular. Tirei meu chapéu de líder da segunda fase do projeto e coloquei a mão na massa na primeira fase na iminência da entrega, como a tempos não fazia. Me senti um pouco enferrujado. Até pedi ajuda para fazer coisas que faria muito rápido poucos meses atrás, mas foi uma boa experiência.

Sempre que tenho que produzir sobre pressão, me lembro da frase de um professor da época da pós-graduação “rápido, bonito e barato: escolha dois, à vontade”. Trata-se de bom senso, não preguiça.

Como meio de aliviar o estresse do “desenvolvimento relâmpago”, também li dois livros do Stephen King que fazia tempo queria ler, o terceiro e o quarto volumes da série A Torre Negra: “As Terras Devastadas” e “Mago e Vidro”, o segundo com 800 páginas. “As Terras Devastadas” entra para a lista dos dez melhores romances que já li, mas “Mago e Vidro” é um pouco cansativo, não só pelo tamanho; lembra enredo de novela. O próprio autor afirma que começou a se perder lá pela página 600, mas enfim, recomendo a leitura dessa série para quem gosta de uma boa mistura de aventura, ficção e terror, mas terror de verdade e não bobeiras como Jason X.

Anúncios
Categorias:Geral Tags:
  1. 16/09/2010 às 11:25 AM

    Isso é igual vender software com escopo fechado, prazo fechado e custo fixo. Alguma coisa vai variar, o que sempre é a qualidade. Não seria esse o caso?
    Se a qualidade não variar, o prazo não será cumprido (portanto não poderia ser fechado) ou alguém vai levar prejuizo financeiro (opa .. olha o custo ai)

    • 16/09/2010 às 11:25 PM

      Trata-se de um jogo onde três variáveis (Bom, Bonito e Barato) são combinadas duas a duas formando três pares:

      1) Bom E Bonito
      2) Bom E Barato
      3) Bonito E Barato

      Na iminência da entrega do projeto, “Barato” (baixo tempo e baixo custo) é priorizado. Um software construído com essa restrição tem poucas chances de ser “Bom E Bonito”, ou seja, atingir seu objetivo de negócio e ainda ter qualidade interna e externa.

  2. 29/11/2010 às 10:07 AM

    Bom dia, Rodrigo…

    Desculpa entrar em contato pelos comentários do site, mas não encontrei o seu e-mail disponível.

    Sou aluno do 5º período do curso de Ciência da Computação (Teresópolis, RJ) e estou desenvolvendo um trabalho sobre automatização das atividades gerenciais do SCRUM.

    Encontrei o seu site por acaso, ao pesquisar sobre processos de desenvolvimento e me tornei um grande entusiasta do seu trabalho.

    Bom, eu quero saber se você pode responder um questionário que tem como objetivo verificar o nível de esforço percebido pelos usuários sobre as atividades gerenciais do SCRUM. O interessante é que você pudesse responder, assim como o restante da sua equipe. que trabalha com a metodologia É um questionário breve com perguntas objetivas.

    Segue o link:

    https://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=dEVaSzRFZ0tXVUZsUmN4S0hlS1BTb0E6MQ

    Agradeço pela atenção,

    Fábio Miranda

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: