Início > Atitude > O Bom Relacionamento

O Bom Relacionamento

Diariamente nos relacionamos com as mais diferentes pessoas, com os mais diversos perfis profissional e pessoal. Pessoas de diversas raças, com diferentes credos, experiências e expectativas convivem e precisam colaborar para realizarem um objetivo em comum.

Nossa necessidade de relacionamento em sociedade exige que aparemos as arestas do nosso caráter, deixemos de lado nosso orgulho e adotemos uma postura positiva em relação aqueles que nos cercam.

Precisamos nos esforçar para entender os anseios e as necessidades de nossos colegas de trabalho. Às vezes apenas ouvi-los é o suficiente para que consigam resolver um problema por si mesmos, pois quando se explica algo a alguém as idéias se encadeiam, fluem e ficam mais claras.

As pessoas querem e precisam ser ouvidas. Muitas vezes fazemos mal juízo de uma pessoa quando a olhamos com as lentes de nosso preconceito utilizadas para mascarar nossos próprios defeitos e limitações. Não julgue as pessoas. Trate-as com respeito; trate-as como você gostaria de ser tratado.

Desenvolva o carisma. Um simples sorriso, bom humor, uma frase bem colocada e oportuna são excenciais para baixar sua guarda e a do outro. O carismático é um indivíduo receptivo, equilibrado, prestativo e inspirador. Nossas tarefas diárias às vezes diminuem nossa paciência e aumentam nosso nível de estresse, mas não podemos deixar que isso nos tire a chance de ajudar alguém.

Empatia

A palavra empatia origina-se do termo empátheia, que significa entrar no sentimento. A empatia é uma resposta afetiva apropriada à situação de outra pessoa, e não à própria situação. Isso implica que para sermos empáticos precisamos estar dispostos a nos conhecer, admitir nossas fraquezas, reconhecer nossas qualidades e potenciais para que possamos ser receptivos aos sentimentos dos outros.
Na psicologia e nas neurociências, a empatia é uma espécie de inteligência emocional e pode ser dividida em dois tipos:

  • Cognitiva: capacidade de compreender a perspectiva psicológica das outras pessoas;
  • Afetiva: habilidade de experimentar reações emocionais por meio da observação da experiência alheia.

Ter empatia significa, por exemplo, sentir a dor ou o prazer do outro como ele o sente e perceber suas causas como ele a percebe, porém sem esquecer que se trata da dor ou do prazer do outro e não o seu.

Ser empático é algo natural no ser humano: quando vemos alguém sofrendo surge espontaneamente em nós o desejo de ajudar, simplesmente porque nesses momentos reconhecemos no outro alguém como nós e nos identificamos com ele.

Empatia ajuda na comunicação uma vez que abre uma conexão entre os sentimentos das pessoas. Você já observou que o profissional que comunica bem tem mais oportunidade para subir na carreira? Competência profissional pode ser adquirida, habilidades podem ser trabalhadas, mas a empatia não.

A empatia funciona no modo “automático” do cérebro. Isso significa que você não escolhe ter empatia assim como não escolhe fazer o coração bater mais rápido, mas você tem controle sobre algumas causas da aceleração do batimento cardíaco. Ocorre o mesmo com a empatia.

Empatia não quer dizer tornar-se similar ao outro. Muito pelo contrário: ela surge à medida em que nos tornamos receptivos às diferenças. Devemos nos esforçar para compreender as particularidades da outra pessoa. Não podemos tentar projetar nosso “eu” em outra pessoa para melhor aceitá-la e nem tentar imitar as ações e copiar os pensamentos dessa pessoa. Cada pessoa é única e para viver em sociedade devem respeitar umas as outras.

A empatia nos ajuda a nos libertar dos nossos padrões rígidos e repetitivos. Ela derruba as barreiras que nos impedem de fazer um contato mais direto e espontâneo com o outro.

Reciprocidade

Reciprocidade refere-se a responder uma ação positiva com outra ação positiva e responder uma ação negativa com outra negativa. O tipo e intensidade da reação são determinados pela ação. Uma ação positiva gera reações positivas. Uma ação negativa gera reações negativas e muitas vezes deixa sequelas. Basicamente, você não pode esperar:

  • Respeito de alguém sem que antes você o respeite;
  • Ser ouvido e compreendido se você não ouve e não se esforça para compreender;
  • Sinceridade se você não é sincero com quem o cerca;
  • Empenho se você não se esforça para nada;
  • O perdão por um erro se você não faz o mesmo;
  • Que o ambiente de trabalho seja pacífico se você é o primeiro a semear a discórdia.

O momento em que religião, educação e trabalho se juntam é quando se fala em ética da reciprocidade, que é um princípio moral inato à natureza humana e do qual existem referências em quase todas as religiões e culturas. A regra de ouro da conduta social é a atitude pacífica derivada de um princípio básico: “não faça aos outros aquilo que não quiser para si”.

Referências

http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=3912

http://portner.sites.uol.com.br/empatia/index.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Empatia

Anúncios
  1. 21/03/2010 às 2:21 AM

    Rodrigo, parabéns! Ótimo texto!

    Fico feliz em ver um pouco da inspiração do artigo que publiquei no Minha Carreira e, principalmente, de ver a grande contribuição que deu ao tema.

    Gosto muito do seu blog, continue nessa ótima linha.

    Um grande abraço e sucesso!

  2. 21/03/2010 às 3:15 PM

    Obrigado, Bruno.

    Também gosto muito dos artigos do Minha Carreira.

    Abraços.

  3. 17/04/2013 às 12:07 AM

    I do not even know how I ended up here, but I believed
    this publish was once great. I do not recognise who you are however certainly
    you’re going to a well-known blogger when you aren’t already.
    Cheers!

  4. 17/04/2013 às 9:15 AM

    Hi Marlene. I ‘m glad about your compliment. Well, I do not intent to be a well-know blogger once I deal with my blog as a personal (even being public) knowledge base. A Liferay’s colleague had suggested I started writting in English, but as you just realized, I need to pratice some more before to write something that makes sense in the blog.

    Cheers

  1. 01/04/2013 às 9:10 PM
  2. 21/04/2013 às 3:06 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: