Seja Ágil

Finalizei meu primeiro sprint no novo projeto. O product owner encontrou poucos bugs, que são simples para resolver, mas ficou satisfeito com o resultado geral.

No meio da última semana achamos que não conseguiríamos atingir a meta do sprint, mas o time ágil fica mais unido nessa hora. Dividimos as tarefas, fizemos pair programming, pair testing entre desenvolvedores e acionamos o tester ao término de cada tarefa e o auxiliamos na execução de seus test cases.

No sprint review todos estavam falantes. Fizemos muitas sugestões de melhoria e principalmente identificamos vários pontos que precisariam melhorar. Claro que também houve boas práticas adotadas. Um processo ágil está constantemente evoluindo, mas para evoluir primeiro devemos corrigir o que não está funcionando.

Conclusão

Uma vez “contaminado” por um ambiente ágil com uma equipe altamente produtiva e colaborativa, fica difícil voltar a trabalhar com processos tradicionais, que:

  • São orientados a processos e não a produtos;
  • Utilizam a política do comando controle e não o auto-gerenciamento;
  • Possuem fases distintas e não ciclos de desenvolvimento;
  • Possuem especialistas em partes do sistema, pois o código não é de propriedade coletiva.
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 26/12/2009 às 11:21 AM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: